Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 6 de março de 2015

Bolso de malandro

Homem
Lobo do homem
Crente e descrente
Do mesmo santo e da utopia

Homem
Topo do inverso
Lago dos vazios
Berço dos mistérios

Pode pa que vai dar certo
Pode crer que vai ser feito
No jeito de quem se ajeita
E incomoda com seu jeito

Se não passar agente empurra
Se não for agente chuta
Mas vai
Mas foi

Homem
Gente que tenta
Gente que atenta e põe o dedo na ferida
Faz da terra uma sacola e de suas alças uma história


Nenhum comentário:

Postar um comentário