Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Gravata

Meus demônios me assombram
Sem tréguas nem piedade
Num assédio onipotente 
Que não dá brechas para nenhuma relutância

Não há válvula de escape que console minha culpa

Nenhum comentário:

Postar um comentário