Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Branca como a neve

Vejo em sua face a tentativa de um tiro.
Pelos instantes  marcantes de seu teatro.
A oportunidade de um arremate.
O cheiro de desespero cravado em suas palavras.

Continue.
Encontre o nada.

4 comentários:

  1. Nada em nada ... As palavras soam como cocaina implícita... Alguns não usam essa ''droga'' e outros são meros viciados.
    (xxx)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei que soa meio ambíguo, mas não faço nenhuma referência à cocaína.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir