Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Queira passar

Portas de desencontros sob nossas circunstâncias de escrita.
Deixei o tudo de meu nada pelo cheio do seu vazio.
Não me importo com aparências.
Nunca se descuide sobre o que é interno.

Aprendemos de fato a sermos o que queremos.
Palpitaremos, sempre, vagarosamente, acerca do que nos remete a emoções.
O sentido do que faz valer não pode ser medido por qualquer comparação ou tentativa teórica.
Será o que tiver que ser.

Não se preocupe por tudo o que você não pode ser.
Não se desespere por não se sentir presente ou válida.
Caminhe conforme seus passos seguem.
Dance conforme manda sua música.

Não há palavras que possam lhe moldar.
Nunca haverá nada que possa lhe parar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário