Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 31 de agosto de 2013

Ágora de intensos

Os laços voltam , peles colhem.
Plebe de braços.
Guias de portos.
Perto por uma distância.

Treme o grave que encosta em nossos sensos.
Você está de que lado ?
Nos desencontramos em nosso próprio espaço.
Você saiu como corpo de avulso.

O extremo do meu poço me encobriu.
As portas das saídas se fecharam.
Estou trancado dentro de mim mesmo.
Preciso ir embora, venha me buscar.

E é agora que lhe pego lendo e me sentindo.
Era por tudo o que eu disse.
Por todas as vírgulas que esqueci.
Você saiu correndo.

Fuja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário