Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Boca raçuda

Passe e exale.
Nossos trapos são luxo.
Todo o sujo, ao tudo parasita.
Escorra ao desprezo.

Mancha transitante em atraso.
O espetáculo é não ter nojo.
Não há medo.
Não há receios.
É a gota do oceano.
É o grão do mundo todo.

Que este lixo seja farto.
Que os restos lhe completem.
Vazio por instintos.
Não humano pela humanidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário