Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Tagin

Alagou. Não cabe mais nada. É assim que funciona. Antes de pisar, o vômito anseia. Complicado compreender, por fácil parecer. Os mesmos clichês superados insistem em seguir conosco, mas o orgulho quer que sejamos mais, devemos transparecer maturidade, estão nos observando, finja ser forte, finja ao máximo. Se existe drama, as pessoas perdem o tesão. Se existe alegria, as pessoas perdem a vontade. A depressão cativante, saiba dosar.
Funciona como um imã, atrai e repele. E atrai muito. De repente, sem culpa nenhuma, repele. Não dá pra entender. A fome saciada, ininterrupta por respeito e medo alheio. Eu não mando nele, me desculpe, mas alagou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário