Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 22 de julho de 2011

baby baby

Ela era Rose,
foi estuprada.
Ela era Kate,
foi assassinada.

Eu sinto que agora não posso mais sentir.
Meio tonto, tonto e muito bem.
Meu bem, essa porra me deixou doidão,
e eu quero que você me mate, agora amor.
Venha.

Sinto que nada sinto.
E eu tento.
Já vivi demais meu bem. Eu perdi, era meu jogo.

Tentei tentei tentei.

O céu tão belo,
inimigo do erro, erro qual fui rei.

Cale a boca kate, você está morta.
Rose sangra ao meu lado, exclama, me pede calma.
Um corpo avulso, tal carne vazia, sua alma já partiu.

HEY HEY HEY

Eu sinto o medo dessa dor.
Dedos impulsivos, culpados foram eles.
Não tive intenção.

Minha flor, eu te amei.
Mas esse amor era estranho.
Me enlouqueceu, quase me matando.
Só não deixei que o fizesse. Fiz por você .
Por mim, por nós.

Me espere, o gatilho está de prontidão.
Hahahaha é engraçado ver você sangrando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário