Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 17 de outubro de 2010

Me desculpe,

Mas minha persistência é esnobe.
Meu desejo é sublime,
em ações mal feitas.

Sou mal visto,
por um mundo de caretas.
Diferente,
no mundo dos iguais.

Querem ser motivo de orgulho.
Honrar talvez um nome.
Ser aos outros,
esquecendo de ser a si próprio.

Não por egoísmo.
mas por consciência.
"Eu só quero ser eu mesmo."

E foda-se o orgulho.

Um comentário: