Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 24 de outubro de 2010

Adiante

Continuemos.
Procurando.

Mundos pensados.
caminhos.
Tudo irrelevante,
ao que se julga de bem.
Nada necessário,
valioso em ser natural.
Experiências forçadas,
desgastes causados.

Percorremos por lados compulsórios.
Em destinos não felizes por abstração.

Buscas ao infinito,
em um tudo limitado.

Poderia escrever mil linhas.
Com humor de alguém estranho.

Depressão é verdadeira.
A realidade é quem foge.
Inventamos por não ser.
Mentimos pra sobreviver.

Tão quanto fútil.
No mundo de que consumimos.
Verdadeiramente,
o que temos nos consome.

Depare-se ao fundo do poço.
E siga mantendo

Nossa guerra pessoal.
Na vergonha em você.
Um alfa decadente,
negligente por um mal.

Fazemos muito pra que nos percebam.
Buscamos por olhares.
E por mais tímido e quieto,
tudo exclama atenção.
Precisamos ser lembrados.
Precisamos nos sentir alguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário